Click on the slide!

Aneurisma de Aorta

Radiologia Intervencionista tratam o aneurisma de aorta sem necessidade de cirurgia aberta.

Mais...
Click on the slide!

Doença Arterial Periférica - Angioplastia - Implante de Stent

Suas pernas doem quando caminha e depois melhoram quando você para? Você tem perda de sensibilidade nas pernas e feridas que nunca saram? A doença arterial periférica pode ter muitos sintomas, todos causados por artérias entupidas.

Mais...
Click on the slide!

Miomas Uterino

Ao invés de remover o útero, a radiologia intervencionista pode substituir a cirurgia.

Mais...
Click on the slide!

Câncer

Avanços na radiologia intervencionista tornaram possível matar células de tumor sem machucar o tecido que as circunda.

Mais...
Aneurisma de Aorta
O aneurisma de aorta abdominal (AAA) é uma doença degenerativa de extremos. O paciente corre o risco iminente de morte, se não tiver o problema diagnosticado a tempo. Ou fica curado, quando consegue monitorar a evolução e tem o tratamento adequado. O AAA é caracterizado pela dilatação da artéria aorta, a maior do corpo humano. O calibre normal é de 2 centímetros de diâmetro. A partir dos 3 centímetros, a dilatação já é considerada um aneurisma.
Leia mais...
 
Radiologia Intervencionista: Desobstruir artérias ficou mais fácil
ImageDo combate à doença arterial periférica ao tratamento de miomas, a radiologia intervencionista tem cada vez mais indicações

 

Uma boa notícia para quem sofre de doença arterial periférica: a radiologia intervencionista está ajudando os pacientes com obstrução das artérias e veias a recuperarem a circulação.


Essa doença ataca as artérias, geralmente fazendo com que placas de gordura se acumulem, diminuindo o calibre e consequentemente a passagem do sangue no local. E a doença é séria: está provado cientificamente que pacientes com problemas de circulação do sangue têm maior risco de ter problemas graves do coração, aumentando inclusive o risco de morte.


O problema atinge todas as artérias do pescoço, principalmente as das pernas, do rim e da barriga - a conhecida aorta. Nela, além da obstrução, o que comumente ocorre é a dilatação, chamada de aneurisma de aorta, que nada mais é que uma fraqueza da parede do vaso sanguíneo e quando rompe é fatal, devido à grande perda de sangue.
Já a obstrução da artéria renal, por exemplo, causada pelo acúmulo de cálcio e gordura, pode causar hipertensão arterial de difícil controle e sobrecarrega as artérias do coração, trazendo graves riscos.


Os principais sintomas da doença vascular periférica podem ser sentidos no dia-a-dia. De acordo com Alexander Ramajo Corvello, radiologista intervencionista do Instituto de Radiologia Intervencionista do Paraná (Inrad), a vida sedentária aliada a uma alimentação rica em gorduras é a combinação perfeita para propiciar o congestionamento das artérias. Se, além disso, a pessoa fumar, o risco de desenvolver o problema é multiplicado. "É preciso passar por exames de rotina e mudar os hábitos alimentares, pois a falta de circulação pode levar a pessoa à morte", alerta o especialista.

 

Leia mais...
 
Radiologia Intervencionista: Feminilidade Preservada

Pareceres da Sociedade Americana de Ginecologia e da Associação Médica Brasileira reafirmam que a embolização é um método seguro e garantido para tratar miomas.

Os números são assustadores: estima-se que 70% das mulheres até os 50 anos apresentarão miomas uterinos em algum momento de suas vidas. Esses tumores benignos, também conhecidos como fibromas ou leiomiomas, nada mais são do que um crescimento anormal das células musculares do útero.

Apesar da simplicidade da explicação, os problemas causados por eles alteram radiologia_01substancialmente a qualidade de vida das mulheres: dores, sangramentos excessivos, cólicas, perda espontânea da urina e até mesmo prisão de ventre podem ser decorrentes de miomas uterinos.

Para muitas mulheres, o útero simboliza a maternidade, a feminilidade e a fertilidade e sua retirada é um ato de agressividade física e psicológica. E, se entre as mulheres que já tiveram filhos o diagnóstico pode ser um choque, para as que ainda não tiveram a oportunidade pode significar o fim de um sonho.

"Felizmente, a Medicina desenvolveu técnicas que, se não acabam definitivamente com o problema, acabam com os sintomas e devolvem o bem-estar da mulher sem a necessidade, em casos selecionados, de retirar o útero", informa Alexander Ramajo Corvello, radiologista intervencionista do Instituto de Radiologia Intervencionista do Paraná - Inrad e do Endorad.

Leia mais...
 
Revolução a serviço da vida
radiologia intervencionsista

A radiologia intervencionista garante tratamentos mais rápidos e eficazes para diversos tipos de doença

 

No início, eram as sangrias... na Antigüidade, há milhares de anos, os médicos utilizavam sanguessugas para tratar de seus pacientes. O tempo passou: novas técnicas, equipamentos e tecnologias foram surgindo, facilitando o trabalho desses profissionais e garantindo uma vida mais longa para todos nós.

Mesmo com tudo o que já descobrimos, a ciência não pára de trabalhar para ampliar ainda mais os horizontes da Medicina. E, dentre essas maravilhosas inovações, uma das mais impressionantes e com maior variedade de aplicações possíveis é a radiologia intervencionista, especialidade médica que, através de tubos finíssimos e de aparelhos de imagens, consegue atuar no interior de nosso corpo de forma nunca antes imaginada.

Leia mais...
 

Syndicate